quinta-feira, 16 de maio de 2013

CAVANDO O PRÓPRIO BURACO



O ser humano cava o próprio buraco e depois que  está bem fundo reclama da lama, da escuridão  e da profundidade . É nessas horas que bate a angústia e o sofrimento.  Quando a pessoa sai, ao invés de assumir a responsabilidade por seu atos, ela  culpa o destino, o diabo ou diz que foi a "vontade de Deus"  . Seria mais sensato refletir sobre suas próprias atitudes de forma a não cometer os mesmos erros. Mas como nem todo mundo admite isso, em geral ela volta a fazer as mesmas coisas que a levaram ao tal "fundo do poço".  Para algumas pessoas é muito difícil aceitar que a maior culpada por suas adversidades e sofrimentos é somente elas e ninguém mais. (Alsibar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário